top of page

"Entrevista Clandestina": Três minutos com "Carioca", na Biblioteca Mario de Andrade, em São Paulo

05/09/2022, 16h38.


Carioca, pseudônimo através do qual se apresentou em um beco a nós, no Banhado, São Jose dos Campos, em maio do ano passado, chega com um casaco cheio de bolsos e calça jeans, o rosto coberto por uma máscara sanitária preta e senta na mesa na qual estamos. Nosso encontro foi marcado por um e-mail que ele deixou conosco naquela ocasião. Chega 8 minutos atrasado.


Saudações de Nova Democracia, Carioca. C: Saudações, companheiros. Podemos começar ? Tenho apenas três minutos.


Certo. Carioca, quem é você e o que faz em vida ?


C: Sou um comunista que decidiu servir ao povo de todo coração.


O que é "servir ao povo de todo coração" ?


C: Servir ao povo de todo coração é dar a vida à Causa Comunista e de Nova Democracia!


O que é a Causa Comunista ? E de Nova Democracia ?


C: A Causa Comunista é a causa de todos os seres explorados da Terra e, se houver vida pelo Universo e também seres explorados por aí, destes respectivos lugares. O comunismo é um processo total para o qual caminhamos, buscando a abolição total da propriedade privada dos meios de produção e o fim da exploração de classe. Como esse processo não pode acontecer de um dia para o outro, apesar de se movimentar por saltos, estamos construindo uma Nova democracia, para por fim ao Imperialismo, principalmente Norte-Americano, em nosso território.


Você esta dizendo, então, que há Revoluções Nacionais e uma Internacional em curso ? Como podemos percebe-las ?


C: Sim, em todos os Países do Globo. Se aproximem dos movimentos populares, sejam eles estudantis, por moradia, por direitos, pelo meio ambiente, por terra, científicos ou artísticos e logo se darão conta da presença dos democratas e revolucionários organizados e guiados pela Ideia Comunista.


Vocês possuem alguma espécie de Guia ?


C: Possuímos: O marxismo-leninismo-maoísmo.


Por que o "marxismo-leninismo-maoísmo" ?


C: Marx, junto a Engels, foram os responsáveis por lançar as bases da interpretação materialista da sociedade em sua completude, ao descobrirem que o Motor da História é a Luta de Classes.


Em seu "O Capital" , Marx destrincha o funcionamento deste modo de produção atual, o capitalismo.

Pela primeira vez, o movimento do capital foi exposto em sua totalidade sem o véu do fetichismo , que bloqueava a visão da Humanidade.


Lenin, apoiando-se em Marx, analisou o capitalismo em sua conformação final, o Imperialismo, que antecede a Revolução Comunista Internacional. O mundo nunca foi tão parecido como aquele que Marx e Lenin profetizaram: A concentração cada vez maior de dinheiro e poder nas mãos de poucos países centrais.


Mao Zedong, apoiado em Marx, Engels, Lenin e Stálin, aplicou o marxismo-leninismo de forma criativa nunca vista antes à realidade chinesa, nos legando uma serie de conceitos fundamentais para lidarmos com as contradições geradas pelo capitalismo em qualquer parte do mundo.


Logo, tomamos os ensinamentos destes Chefes do Proletariado como Guias, sempre levando em conta as particularidades de cada lugar.


Quais eventos históricos aparecem para vocês como as maiores referencias ? Quais as razões ?


C: A Comuna de paris, por ter sido o primeiro governo proletário da história, a Revolução Russa, por ter sido a primeira revolução na Era do Imperialismo e a Revolução Chinesa e sua Revolução Cultural, por ter possibilitado a criação de cem escolas que rivalizaram entre si.


Não deram muito certo.


C: O que é dar certo ?


Perdurar no tempo.


C: Elas perduraram, ainda que tudo que seja sólido se desmanche no ar e que as causas justas geralmente saiam perdedoras no ringue da História. Essa conversa, por exemplo, é uma prova de que deram certo!


Como ?


C: Vocês entenderam o que eu disse, companheiros. Sem os comunistas e democratas estaríamos numa fábrica suja e completamente distópica neste horário, apenas deixando-a para ir dormir e olhe lá! Seu irmão estaria lá também, ao invés de estar na escola, o Bernardo.

Nosso Tempo esta acabando.


Sim. Poderia deixar um conselho para quem acredita nessas histórias que você acabou de contar ?


C: Se há algo que podemos tomar como dogma é que todo movimento comporta em si contradições internas e é para isso que os democratas e comunistas precisam se atentar. As contradições são o motor da realidade.


Por que tanta pressa ?


C: A pressa é ruim, vocês tem razão. É péssima, na verdade. Mas em nosso país há um golpe militar - civil em curso, com o objetivo de tentar impedir o nosso avanço. Me foram delegadas varias tarefas importantes. Vocês foram uma delas ( risos). É preciso que ganhemos tempo antes que regime do Velho-Estado Burguês-Latifundiário de seu golpe de misericórdia contra os espaços democráticos restantes não-clandestinos.


Gostaria de passar mais tempo com vocês, mas o tempo urge, companheiros. Preciso ir.


Adeus, Carioca.


C: Adeus! Vejo vocês em breve! E Viva a Revolução Brasileira!



Se levanta, tira a braçadeira vermelha e sai da biblioteca, ar desconfiado, com os pés marcando Dez e Dez. Grifos nossos.





Alguém nervoso contra o Estado.



bottom of page